1

Garoto de 3 anos revela local onde foi morto no passado.

ct-menino

Muitos dizem que existe reencarnação e outros que não acredita, pois pessoas morrem e voltam a vida em outro corpo, para poder fazer o bem ter a chance de concertar o que fez de errado em outras vidas ate chegar a perfeição e não voltar mais.

Essa historia que descobrimos vai deixar muitos intrigados com o garoto de 3 anos contado sua historia em outra vida do passado, ele relata do viveu em uma cidade nas colinas de Golã, próximo da Síria com Israel o menino conta que tudo aconteceu na sua morte.

Essa versão contado pelo menino e muito conhecida em Israel e Gaza  e muito presenciada pelo Doutor Eli Lasch conhecido como integrante de operações do Governo Israelense em décadas passadas por volta de 1960., onde faz relatos em seus livros.

O menino fazia parte ao um grupo de etnia Druso, uma religião pequena do vilarejo, os mais velhos anciões acreditam na reencarnação como diz a crença que frequentam, eles acreditam que quando nasce uma criança procura manchas que leve algum sinal do passado da criança.

Quanto a esse garoto eles acreditam muito que é própria encarnação onde levou os investigadores a ficar sem saber o que fazer,  por não ter conhecimento do acontecido.

O garoto com nasceu com uma marca vermelha na cabeça, segundo os Drusos essa seria uma evidência que onde foi levando uma pancada, ai quando ela tinha 3 anos revelou aos pais que tinha sido uma machada na cabeça.

O menino ainda contou quem era seu assassino  com nome completo e o local onde foi morto, quando confrontando com o homem o que o matou juntando as evidências, ele ficou branco da tal revelação.

Diante desta historia contada pela criança, o assassino confessou o crime. Dr. Lasch,  não pertencente à etnia druso, acompanhou todo o caso.

 

admin

One Comment

  1. Hebreus CP 9v27 aos homens está ordenados morrerem uma só vez vindo o juízo leiam a biblia e deixem de por duvidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *