0

Gerente de orfanato é preso após publicação de imagens dele agredindo crianças brutalmente

Após publicação de vídeo feito pela sua mulher, gerente de orfanato é preso por agredir crianças brutalmente. As imagens foram divulgadas em redes sociais e causam sentimentos de revolta em internautas de todo o mundo.

Osama Mohamed Othman, trabalhava como gerente no Orfanato Dar Meca Al-Mokarama, em Giza. Cansada de ver a brutalidade com a qual o marido tratava as crianças, Elham Eid Awad, esposa do agressor, o filmou enquanto batia nas crianças e postou o vídeo na internet.

Poucas horas depois da sua publicação, o vídeo já tinha sido disseminado por todo o país. No dia seguinte, o presidente egípcio, Abdul Fattah Al Sissi, exigiu que medidas fossem tomadas com relação ao caso e que o responsável pelo crime fosse a justiça o mais rápido possível.

Após ser detido pelas autoridades egípcias, Osama afirmou que tratava todos os órfãos como se fossem seus próprios filhos. Ao ser questionado com relação aos maus tratos sofridos pelas crianças, ele alegou que aquele era um caso isolado e que só os tinha castigado porque as crianças teriam ligado a televisão e aberto a geladeira sem a sua permissão.

Os órfãos da instituição foram transferidos para outro orfanato e receberam os cuidados necessários. Ao se pronunciar com relação ao caso, a ministra da Solidariedade Social do Egito, Ghada Wali, afirmou que um inquérito foi aberto para que seja feita uma investigação profunda sobre o abuso. Se Osama for condenado, ele poderá ficar preso por até sete anos.

No Brasil, o vídeo tem causado grande revolta da população. Um exemplo disso é a forma com que vem sendo divulgado nas redes sociais, uma das publicações feitas já atinge a marca de 300 mil compartilhamentos.

As cenas da gravação são realmente cruéis, sobretudo quando mostra com clareza o momento em que Osama chuta as crianças que choram e gritam de dor. Espera-se que medidas sejam tomadas para que esse tipo de caso não volte a acontecer e que o gerente seja devidamente punido pelos seus atos.

Enquanto isso, as crianças continuam em outra instituição, como medida de precaução e Osama aguarda o final do inquérito e do julgamento. Após a divulgação do vídeo, que teria sido gravado a mais de dois meses antes de ser divulgado, a esposa do acusado não fez mais nenhum tipo de declaração com relação ao caso.

Jose Jose

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *