0

Bebê fica com rosto em carne viva depois da festa de aniversario, tudo por causa de um presente.

Todo cuidado ainda é pouco quando se trata da saúde de uma criança pequena. Um fato muito curioso aconteceu com a pequena Sienna Duffield, após uma festinha de aniversário, sua mãe Savina French-Bell viu o rosto da garotinha ficar completamente ferido e a cada dia a ferida ficava maior e isso se tornou um verdadeiro pesadelo para família.

Foram necessários oito meses para que os médicos descobrissem o que causou a ferida.

“Começou a parecer que alguém jogou ácido sobre o rosto dela, que se espalhou da boca para as bochechas e até para cima de seus olhos”, disse a mãe da garotinha.

Eles tentaram diversos tratamentos para combater a terrível erupção cutânea da garota, mas nada resolvia o problema, e os médicos não sabiam mais fazer e estavam ficando desesperados. Durante oito meses Sienna sentia fortes dores por causa das feridas no rosto.

A doença ficou tão grave que o rosto da menina ficou coberto por bolhas, que sangravam quando estouraram. A mãe da pequena disse que o rosto dela parecia que estava sendo comido vivo.

As roupas de Sienna vivam coberta de sangue e, além disso, ela tinha dificuldade para comer, porque ao abrir a boca doía muito. Como se já não tivesse sofrido o bastante, Savina disse que quando saia com a filha recebia olhares estranhos e ouvia muitos comentários cruéis e devastadoras.

Nas primeiras semanas, os médicos achavam que a erupção era devido a um eczema ou alergia, mas nenhum medicamento que passavam resolvia o problema.

Ela teve que ficar internada por causa da gravidade de seu caso, com o tempo ela parou de comer e estava se alimentando por sondas. Desesperada e sem saber o que fazer, a mãe da garota tentou lembrar de cada detalhe do que havia acontecido em sua festinha. Foi exatamente aí, que ela lembrou que oito meses atrás um parente havia beijado Sienna no rosto, várias vezes.

Eles acabaram descobrindo que o parente tinha herpes e acabou passando o vírus para a garotinha. Siena foi infectada pelo vírus da Herpes simples 1. Após a descoberta da mãe, os médicos puderam dar o tratamento correto para garota e ela ficar curada. “Sempre há uma chance de voltar, mas estou cruzando os dedos para que não aconteça… É ótimo poder sair e não receber comentários horríveis de ninguém, disse a mãe de Sienna.

Esse caso real serve de alerta para os pais não deixarem, principalmente desconhecidos, beijarem seus filhos. Eles podem acabar transmitindo algum tipo de doença, como aconteceu com a pequena Sienna.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *