0

Como eliminar mau cheiro da região intima da mulher.

É normal cheiro na vagina?
Sim completamente natural que a sua vagina elimine secreções. Composta por células mortas, ela naturalmente temo seu cheiro e, segundo a ginecologista e obstetra Heloisa Brudniewski, mulher alguma deve se preocupar com este cheiro (Odor), que é suave e muitas vezes quase imperceptível e pode chegar a mudar conforme com cada fase do ciclo menstrual. Mas quando ele estiver forte demais, diferentemente do habitual e causando incômodo, é sinal de anormalidade e hora de ir buscar orientação médica.

Agora, vejam quais são os hábitos que podem alterar a saúde da sua vagina e consequentemente, causar mau cheiro na vagina.
Roupas apertadas – os tecidos justos dificulta a respiração da região e facilitam a impregnação de fungos e bactérias nocivos.
Higiene demais – pelos e secreções são muito importante para a proteção da região. Quando lavá-la muito, a tendência é que as bactérias e os fungos que antes viviam em harmonia, se multipliquem desregradamente e causem doenças. Para evitar, faça a higienização normal durante o banho.
Higiene pouca – ao deixar de higienizar a região intimas também é um problema serio, já que o suor e a secreção em excesso podem causar coceira e etc. Para evitar, lave todas as dobras da região durante o banho utilizando sabonete neutro.
Sabonete inadequado – sabonetes que limpam demasiadamente ou que possuem substâncias químicas muito fortes para alterar o cheiro ou a cor do produto podem causar irritações.
Ducha vaginal – é arriscado porque ocorrem mudanças em toda a região, além de causar pequenas lesões.
Absorvente diário – o produto abafa a região intima. Para evitar, utilize apenas no final da menstruação. No dia a dia, procure usar a calcinha de algodão.

Sem contar que, outras características individuais e que não necessariamente tenham haver com maus hábitos influencia no odor da região:
Transpiração excessiva – para evitar, mude as peças íntimas com frequência por tecidos frescos de algodão.
Vazamento de urina – antes de tomar alguma atitude é necessário procurar a causa dos escapes. Para evitar, seque sempre a vulva e sempre mude por outra calcinha.
Excesso de peso – as dobrinhas formadas na pele por gorduras também podem causar o problema. Para evitar, lave e seque a região e, após o banho, fique uns minutos sem roupa.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *