0

Doenças antes erradicadas, voltam a preocupar os brasileiros

Muitas doenças que foram erradicadas no Brasil aumentaram o risco de surtos consideravelmente isso é motivo de preocupação em todo o país! Confira a matéria completa:

Antes esquecidas, os surtos de algumas doenças que havia, sido erradicadas do Brasil, já tem 475 casos confirmados de sarampo apenas este ano!

Além disso, a poliomielite também está entrando na lista de doenças que preocupam o ministério da saúde.

De acordo com uma pesquisa, a explicação para isso voltar a ocorrer depois de tanto tempo, foram a queda no número de vacinas, principalmente nas crianças com menos de 5 anos.

Pelo menos 312 municípios brasileiros estão com a cobertura abaixo de 50% para a poliomielite.

Além disso, o governo brasileiro avisa que os pais que não querem vacinar seus filhos podem perder a guarda das crianças.

O ato de não vacinar é ilegal, já que a imunização é prevista no ECA – Estatuto da criança e do adolescente.

O presidente da comissão de Direitos Infanto Juvenil da OAB-SP, Ricardo Cabezon, diz que as vacinas estão disponíveis nos postos de saúde e que os pais precisam levar as crianças para vacinar o quanto antes.

Diversos meios de comunicação estão divulgando o quanto é importante a vacinação em crianças, o caso é extremamente sério e não dá mais para deixar a vacina de lado.

As campanhas dizem que vacinar seus filhos é um ato de amor, de cuidado com as crianças e que devem ser feitos, não vacinar pode trazer sérias consequências.

O motivo da volta dessas doenças ao Brasil, veio através da Venezuela, isso ameaça principalmente os indígenas na fronteira do Brasil com a Venezuela.

Vale lembrar que o sarampo não está em surto apenas no Brasil, mas também preocupa a Europa!

É importante ficar atento aos sintomas, entre eles estão: Diarreia, vomito, infecção nos ouvidos, hemorragia, pneumonia secundária, alterações neurológicas como encefalites e convulsões, hepatite e pneumonia bacteriana secundária.

Todos precisam iniciar a vacinação a partir de 1 ano de idade. Essa vacina não só protege contra o sarampo, mas também a caxumba e rubéola.

Em caso dos sintomas mencionados acima, procure um médico o quanto antes, pois quanto antes iniciar o tratamento mais rápido será a cura!

Além disso, não deixe de consultar o posto de saúde mais próximo e pedir informação sobre a vacinação. Não deixe de se proteger e proteger quem você ama dessas doenças virais.

Jose Jose

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *